Cajazeiras/PB segunda-feira , 24 de fevereiro de 2020

Cajazeiras

Após repercussão de suposto envolvimento de médico com paciente em ato sexual dentro do HRC, direção emite nota e citados se pronunciam

O caso de suposto envolvimento de um médico do Hospital Regional de Cajazeiras com uma nutricionista, que seria paciente, em […]

O caso de suposto envolvimento de um médico do Hospital Regional de Cajazeiras com uma nutricionista, que seria paciente, em ato sexual dentro daquela unidade hospitalar, causou grande repercussão nas redes sociais se espalhando em toda região e estado.

Os envolvidos que tiveram nomes e fotos expostas se pronunciaram no final da manhã desta quarta-feira (22), no programa jornalístico da Arapuan FM, oportunidade, que negaram acusação e explicaram que a nutricionista era uma paciente recém cirurgiada que esteve no hospital recebendo atendimento do referido profissional médico. Os dois não souberam atribuir de onde partiu difamações, mas, asseguraram buscar identificar e penalizar o responsável por ato criminoso. Na oportunidade, tanto o médico como a nutricionista receberam solidariedade de ouvintes que atestaram a responsabilidade e caráter das referidas vítimas.

A direção do HRC emitiu uma nota esclarecendo algumas medidas e anunciando abertura de sindicância para apurar as acusações.

VEJA A NOTA:

Diante da repercussão nas redes sociais, sobre o suposto envolvimento de um profissional médico funcionário do Hospital Regional de Cajazeiras e uma paciente, a Direção Geral da Unidade Hospitalar vem por meio desta explicar que:

01 – Para a apuração legal da situação, a unidade hospitalar por meio de sua Direção Geral, informa que, será aberta uma sindicância para apurar os supostos fatos noticiados nas mídias sociais e de comunicação, a partir desta sindicância todas as medidas cabíveis pertinentes ao caso serão tomadas;

02 – A segunda pessoa envolvida no suposto fato, citada em matérias e programas de rádio, segundo informações, é uma profissional da área de nutrição, mas, se faz necessário esclarecer que, a mesma, não faz parte do quadro funcional deste hospital. Trata-se de uma paciente em retorno, onde a mesma em poucos dias havia passado por procedimento cirúrgico nesta unidade, e notou a necessidade da procura pelos serviços médicos, ao notar complicações no pós-operatório;

03 – Reiteramos que o Hospital Regional de Cajazeiras, segue de forma incansável no que diz respeito a prestação do cuidado e, também, sempre primando pelos princípios da administração pública, e desenvolvendo seu trabalho com transparência pautada na ética e na verdade, levando em consideração que, nesta unidade, temos mães e pais de família que se dedicam 24 horas por dia, cuidando e tratando de outras famílias que nos procuram.

A Direção Geral do Hospital Regional de Cajazeiras, segue na busca de melhorias para gerar um atendimento de qualidade e humanizado para a população sertaneja. No mais, nos colocamos a disposição para outros esclarecimentos.

Cajazeiras, 22 de Janeiro de 2020

Portal CZN