Publicada em 30 de agosto de 2017 - 12:36

Casal de estelionatários enganam idosa de 76 anos e levam bolsa com 4oo reais em Cajazeiras

Uma idosa de 76 anos foi vítima na manhã desta terça-feira (29), de estelionatários que roubaram da vítima uma bolsa […]

juvUma idosa de 76 anos foi vítima na manhã desta terça-feira (29), de estelionatários que roubaram da vítima uma bolsa contendo mais de 400 reais em dinheiro, cartões de crédito e documentos pessoais.

Conforme informações repassadas a reportagem o crime aconteceu por volta das 10h00, na Rua Juvêncio Carneiro no centro comercial de Cajazeiras minutos após a vítima ter sacado uma quantia em dinheiro em uma agência bancária do Banco do Nordeste.

Segundo relatos da vítima, ela teria avistado uma bolsa no chão, quando uma mulher se aproximou afirmando que a bolsa seria de um homem que estava próximo do local.

Ainda conforme a vítima, o homem ofereceu uma recompensa como forma de agradecimento por ela ter achado e devolvido sua bolsa, mesmo dizendo que não precisava, o criminoso insistiu para que ela aceitasse o presente, nesse momento o estelionatário pediu a bolsa da idosa que se dirigiu em direção a loja, ao se aproximar do estabelecimento comercial a mulher percebeu que havia sido enganada.

O casal de estelionatários fugiu levando uma bolsa com R$ 400 reais, e documentos pessoais da vítima, além de cartões bancários e outras pertenceres.

A Polícia civil foi comunicada do caso e já está buscando imagens para identificar os criminosos.

De acordo com a vítima os estelionatários seriam uma mulher, e um idoso barbudo.

A Polícia Civil e militar alerta a população nesse período de fim e começo de mês para esse tipo de ‘golpe’.

Como medidas de segurança policiais, pedem para que as pessoas evitem  tirar altas quantias em dinheiro e para não aceitar ajuda de estranhos, nem ‘promessas’ de que vão ganhar algo em troca por ter achado algum objeto.

No caso de pessoas idosas, o ideal seria que essas pessoas estivessem acompanhadas de algum parente.

Caso aconteça algo semelhante à pessoa evite entregar seu pertence e se possível chame a polícia.

Os documentos da idosa foram encontrados jogados na PB 400 onde foram entregues a mesma.

 

 

Ângelo Lima