Publicada em 19 de outubro de 2017 - 18:31

Caso da gata flagrada com celulares amarrado no corpo no Presídio de Cajazeiras causa polêmica; Animal foi morto segundo direção por cachorro

O caso de uma gata que estava com dois aparelhos celulares amarrados no corpo causou repercussão na cidade. O fato […]

gataO caso de uma gata que estava com dois aparelhos celulares amarrados no corpo causou repercussão na cidade. O fato é que o animal foi morto. Alguns protetores de animais e populares questionam a forma como a gata foi morta.

Segundo a direção do Presídio de Cajazeiras, animal foi morto por um cachorro que é criado no local.

A gatinha que estava com seus filhotes no interior da penitenciária, foi usada por alguém para passar os aparelhos para o interior da prisão. Por isso, amarraram os celulares no corpo do animal com a intensão de chegar nas mãos de algum detento. O caso aconteceu no final da noite de quarta-feira (18).

 

 

 

 

 

Portal CZN