Publicada em 04 de outubro de 2019 - 12:07

Caso do papagaio Leozinho, de Cajazeiras, vira destaque em revista do Superior Tribunal de Justiça

A edição especial de 30 anos da Revista Panorama STJ, lançada nesta quarta-feira (02), deu destaque ao caso do papagaio […]

A edição especial de 30 anos da Revista Panorama STJ, lançada nesta quarta-feira (02), deu destaque ao caso do papagaio Leozinho, cuja dona ficou conhecida nacionalmente após ganhar uma ação judicial no Superior Tribunal de Justiça, em Brasília, em junho de 2017.

Nas redes sociais, o vice-presidente da OAB da Paraíba, João de Deus Quirino Filho, que na época representou a aposentada Izaura Roberto Dantas, dona do papagaio, lembrou que a Justiça deu ganho de causa para a idosa de Cajazeiras “enfatizando que a jurisprudência ambiental preservou a convivência de mais de 20 anos entre Dona Izaura e o papagaio”.

Dona Izaura, de 96 anos, conquistou na Justiça o direito de posse do papagaio Leozinho, com quem ela já convivia há 17 anos. A disputa por Leozinho durou cerca de sete anos. Tudo começou quando uma denúncia anônima levou fiscais do IBAMA à residência da idosa, em Cajazeiras, para levar a ave. Ela chegou a passar mal por causa do risco de perder o papagaio.

 

 

Diário do Sertão