Cajazeiras/PB domingo , 26 de janeiro de 2020

Esporte

Com gol de Firmino, Liverpool vence Flamengo na final do Mundial de Clubes

Não faltou luta e empenho, mas o sonho do bicampeonato mundial em Doha chegou ao fim para o Flamengo. Na […]

Não faltou luta e empenho, mas o sonho do bicampeonato mundial em Doha chegou ao fim para o Flamengo. Na decisão do torneio da Fifa, o time de Jorge Jesus foi derrotado pelo Liverpool por 1 a 0, com gol de Roberto Firmino, na prorrogação.

Os rubro-negros chegaram a jogar melhor do que os ingleses em diversos momentos. E, mesmo depois que ficaram atrás no placar, estiveram perto do empate. Mas o desgaste do fim de temporada e as modificações promovidas por Jesus fizeram o time cair de produção num momento decisivo do jogo. Confira, abaixo, as estatísticas finais da partida feitas pelo site Footstats.

O Liverpool abriu o placar aos 8 minutos do primeiro tempo da prorrogação. Em rápido contra-ataque, Roberto Firmino recebeu de Mané para cortar o goleiro Diego Alves e abrir o placar para os ingleses. O gol ocorre num momento em que o time de Jurgen Kloop tem amplo domínio do jogo.

Numa partida tensa, Flamengo e Liverpool decidem o título do Mundial de Clubes na prorrogação. No tempo normal, o placar não saiu do 0 a 0. Nesta etapa, serão dois tempos de 15 minutos para decidir quem será o campeão. Em caso de manutenção do empate, a disputa irá para os pênaltis.

O Flamengo chegou a viver um drama nos minutos finais. Aos 45m do segundo tempo, Rafinha interrompeu um contra-ataque do Liverpool com falta em Mané, lance que, num primeiro momento, a arbitragem considerou pênalti. Mas, após consulta ao VAR, o qatari Abdulrahman Al-Jassim cancelou a marcação.

A reta final do jogo foi marcada por uma reação do Liverpool, que passou a levar mais perigo à meta de Diego Alves. Aos 40m, o goleiro do Flamengo fez sua primeira grande defesa na decisão do Mundial de Clubes.

O técnico Jorge Jesus surpreendeu com alterações diferentes das que vinha fazendo nas últimas partidas. Aos 31 da etapa final, trocou Arrascaeta por Vitinho. Cinco minutos depois, tirou Éverton Ribeiro para colocar Diego. As mudanças deixaram o Flamengo menos organizado e fizeram com que os ingleses terminassem o tempo normal com mais posse de bola.

O Liverpool iniciou o segundo tempo dando um susto no Flamengo. Aos 2 minutos, Roberto Firmino deu um lençol en Rodrigo Caio e acertou a trave. Mas os 45 minutos finais começaram da mesma forma que os iniciais: com pressão dos ingleses e rápida reação dos cariocas.

O primeiro tempo foi marcado pela disputa de igual para igual do Flamengo contra o Liverpool. O time carioca, inclusive, teve momentos de supremacia e foi para o intervalo com mais posse de bola, bem ao estilo praticado pela equipe em todo a temporada.

Extra