Cajazeiras/PB quarta-feira , 1 de dezembro de 2021

Concurso

Concurso INSS 2016: Edital é divulgado para nível médio e superior! Salários de até R$7.496,09!

A espera acabou! Saiu um dos editais de concurso mais esperados da história. Foi divulgado no Diário Oficial da União […]

inssA espera acabou! Saiu um dos editais de concurso mais esperados da história. Foi divulgado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 23 de dezembro, o edital de concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para provimento de 950 vagas, sendo 800 para Técnico do Seguro Social (nível médio) e 150 Analista do Seguro Social (nível superior). Conforme já informado aqui no site, o concurso INSS 2015/2016 será coordenado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), antigo Cespe/Unb.

Inscrição Concurso INSS 2015/2016

As inscrições para o Concurso do INSS 2015/2016 devem ser realizadas no período compreendido entre 10 horas do dia 04 de janeiro de 2016 até 23 horas e 59 minutos do dia 22 de fevereiro de 2016. Para efetivar a inscrição, o candidato deve acessar o portal eletrônico: www.cespe.unb.br/concursos/inss_2015. A taxa de inscrição do Concurso INSS 2015/2016 custará:

R$65,00 para nível médio;
R$80,00 para nível superior.

Cargos e Vagas Concurso INSS 2015/2016

-Nível Médio: Técnico do Seguro Social (800 vagas). Salário de R$4.886,87 (chegando a R$ 5.259,87, após seis meses), já incluso as gratificações. O técnico exercerá a função por 40 horas semanais.

-Nível Superior: Analista do Seguro Social (150 vagas). Salário de R$7.496,09 (até R$ 7.869,09), já com as gratificações. O analista terá jornada de 40 horas semanais.

Vagas por Estado – Concurso INSS 2015/2016

Técnico: São Paulo (113), Acre (5), Alagoas (14), Amapá (5), Amazonas (34), Bahia (76), Ceará (22), Distrito Federal (10), Espírito Santo (4), Goiás (40), Maranhão (33), Mato Grosso (26), Mato Grosso do Sul (12), Minas Gerais (82), Pará (84), Paraíba (4), Paraná (37), Pernambuco (35), Piauí (2), Rio de Janeiro (17), Rio Grande do Norte (20), Rio Grande do Sul (49), Rondônia (22), Roraima (3), Santa Catarina (32), Sergipe (7) e Tocantins (12);

Analista: São Paulo (18), Acre (6), Alagoas (2), Amapá (3), Amazonas (3), Bahia (22), Ceará (7), Goiás (4), Maranhão (4), Mato Grosso (6), Mato Grosso do Sul (7), Minas Gerais (15), Paraíba (4), Rio Grande do Sul (12), Pará (6), Paraná (3), Pernambuco (3), Piauí (1), Rio de Janeiro (4), Rondônia (5), Roraima (2), Santa Catarina (6), Sergipe (1) e Tocantins (5), além do Distrito Federal (1).

Provas Concurso INSS 2015/2016

As provas objetivas do Concurso INSS 2016 serão aplicadas em 15 de maio de 2016, turno da manhã para cargos de nível superior, e turno da tarde para candidatos de nível médio. Ambas as avaliações terão duração de 03 horas e 30 minutos.

As avaliações serão aplicadas em Rio Branco-AC, Maceió-AL, Manaus-AM, Tefé-AM, Macapá-AP, Barreiras-BA, Feira de Santana-BA, Itabuna-BA, Juazeiro-BA, Salvador-BA, Santo Antônio de Jesus-BA, Vitória da Conquista-BA, Fortaleza-CE, Juazeiro do Norte-CE, Sobral-CE, Brasília-DF, Vitória-ES, Anápolis-GO, Goiânia-GO, Imperatriz-MA, São Luís-MA, Barbacena-MG, Belo Horizonte-MG, Contagem-MG, Diamantina-MG, Divinópolis-MG, Governador Valadares-MG, Juiz de Fora-MG, Montes Claros-MG, Ouro Preto-MG, Poços de Caldas-MG, Teófilo Otoni-MG, Uberaba-MG, Uberlândia-MG, Varginha-MG, Campo Grande-MS, Dourados-MS, Cuiabá-MT, Sinop-MT, Belém-PA, Marabá-PA, Santarém-PA, Campina Grande-PB, João Pessoa-PB, Caruaru-PE, Garanhuns-PE, Petrolina-PE, Recife-PE, Teresina-PI, Cascavel-PR, Curitiba-PR, Londrina-PR, Maringá-PR, Ponta Grossa-PR, Campos dos Goytacazes-RJ, Duque de Caxias-RJ, Niterói-RJ, Petrópolis-RJ, Rio de Janeiro-RJ, Volta Redonda-RJ, Mossoró-RN, Natal-RN, Porto Velho-RO, Boa Vista-RR, Canoas-RS, Caxias do Sul-RS, Ijuí-RS, Novo Hamburgo-RS, Passo Fundo-RS, Pelotas-RS, Porto Alegre-RS, Santa Maria-RS, Uruguaiana-RS, Blumenau-SC, Chapecó-SC, Criciúma-SC, Florianópolis-SC, Joinville-SC, Aracaju-SE, Araçatuba-SP, Araraquara-SP, Bauru-SP, Campinas-SP, Guarulhos-SP, Jundiaí-SP, Marília-SP, Osasco-SP, Piracicaba-SP, Presidente Prudente-SP, Ribeirão Preto-SP, Santo André-SP, Santos-SP, São Bernardo do Campo-SP, São João da Boa Vista-SP, São José do Rio Preto-SP, São José dos Campos-SP, São Paulo-SP, Sorocaba-SP, Taubaté-SP e Palmas-TO.

São 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos, no estilo Cespe. Cada prova objetiva será constituída de itens para julgamento, agrupados por comando que deverão ser respeitados. O julgamento de cada item será CERTO ou ERRADO. Será atribuído 1,0 ponto para cada questão correta e -1,0 ponto para cada questão incorreta. Os candidatos do Concurso INSS 2016 serão avaliados por questões de língua portuguesa, raciocínio lógico, noções de informática, direito constitucional, direito administrativo, legislação previdenciária, legislação da assistência social e conhecimentos específicos.

Os locais e horários de provas do concurso INSS serão divulgados a partir do dia 28 de abril de 2016, no site já citado.

O INSS contrata pelo regime estatutário, com estabilidade. A expectativa é que o INSS faça nomeações extras, tendo em vista os últimos concursos e as necessidades de pessoal. Para isso, o instituto terá de solicitar ao Ministério do Planejamento o adicional de 50% das vagas, o que deverá ocorrer. Em 2011, quando ocorreu o último concurso de técnico e perito, houve 5.020 convocações, de 6.881 aprovados, ou seja, 133% além da oferta prevista em edital.

Atribuições ao Cargos

O técnico do seguro social é responsável por proceder ao reconhecimento inicial, manutenção, recurso e revisão de direitos aos benefícios administrados pelo INSS; exercer atividades internas e externas ligadas ao suporte e apoio técnico especializado; executar as atividades de orientação e informação, de acordo com as diretrizes estabelecidas nos atos específicos e outras relacionadas aos fins institucionais do INSS, que venham ser determinadas pela autoridade superior.

Já o analista do seguro social é responsável por prestar atendimento e acompanhamento aos usuários dos serviços prestados pelo INSS e aos seus servidores, aposentados e pensionistas; elaborar, executar, avaliar planos, programas e projetos na área de serviço social e reabilitação profissional; realizar avaliação social quanto ao acesso aos direitos previdenciários e assistenciais; promover estudos socioeconômicos visando a emissão de parecer social para subsidiar o reconhecimento e a manutenção de direitos previdenciários, bem como a decisão médico-pericial; e executar de conformidade com a sua área de formação as demais atividades de competência do INSS.

 

 

Redação CZN