Cajazeiras/PB sábado , 22 de fevereiro de 2020

Copa do Brasil: Botafogo-PB consegue classificação após jogo contra o Atlético-BA

O Botafogo-PB estreou na Copa do Brasil de 2020 na noite desta quarta. No interior da Bahia, o Belo enfrentou […]

O Botafogo-PB estreou na Copa do Brasil de 2020 na noite desta quarta. No interior da Bahia, o Belo enfrentou o Atlético-BA e, jogando com o regulamento embaixo do braço, segurou o empate por 0 a 0, avança no torneio e embolsa R$ 650 mil.

Com a mesma escalação que venceu o Náutico, mesmo com a liberação de Everton Heleno para jogar, Evaristo Piza apostou no entrosamento para começar a partida.

A primeira boa chance do jogo veio aos 17 minutos. Kelvin avançou pela esquerda e tocou a bola para o meio da área. Ela passou por Lohan e pela defesa, mas quando ia chegar em Pimentinha, que estava livre na segunda trave, o arqueiro baiano interceptou e evitou o gol botafoguense.

A resposta dos donos da casa veio aos 26, quando Paulinho tocou da direita para o meio, a bola passou por todo mundo e Dedeco, da meia esquerda, bateu de primeira, de pé canhoto, e a bola passou raspando a trave esquerda de Samuel Pires.

Aos 37, a melhor chance. Vitinho recebeu passe dentro da área e, dentro da pequena área, bateu de pé esquerdo, mas o goleiro do Belo fez uma grande defesa para manter o zero no placar.

O time baiano pressionava e, aos 39, após cruzamento de falta da esquerda, Emílio subiu livre dentro da área, mas cabeceou fraco. Porém, a arbitragem já marcava impedimento na jogada.

Antes do fim intervalo, o atacante Kelvin levou a pior em uma dividida e foi atendido pela ambulância ainda dentro do gramado, parecendo ter sofrido uma luxação no braço esquerdo. O camisa 23 deixou o campo com o braço imobilizado e foi substituído por Dico.

Segundo tempo

Logo na volta do primeiro tempo, o Atlético mostrou que seguiria buscando a vitória. Aos 50 segundos, Dedeco bateu da meia esquerda e Samuel Pires caiu para fazer a defesa.

O time paraibano puxou bom contra-ataque aos 9 minutos, quando Mário saiu em velocidade e encontrou Rodrigo Andrade. O camisa 10 deu um drible da vaca no zagueiro, se atrapalhou com Pimentinha, e bateu da entrada da área de pé direito, mas em cima do goleiro, que defendeu em dois tempos.

Aos 25, Rodrigo Andrade chutou de longe e a bola explodiu no travessão do goleiro Fábio Lima, a melhor oportunidade do Belo no jogo.

Com os baianos cansados, aos 45, por muito pouco não saiu o gol botafoguense. Léo Moura foi até a linha de fundo e cruzou na cabeça de Mário Sérgio, que mandou no travessão mais uma vez.

Ainda deu tempo de Everton Heleno encontrar Mário, vindo como elemento surpresa pela esquerda, que invadiu a área e bateu firme, cruzado, de canhota, mas Fábio Lima fez a defesa.

No minuto seguinte, a última chance do Atlético-BA. Após cruzamento da direita, Samuel Pires não saiu do gol e Jackson cabeceou por cima da meta.

Com o resultado, o Botafogo-PB aguarda o vencedor de Moto Club-BA x Fluminense para saber seu adversário na segunda fase da Copa do Brasil. O que se sabe é que será mais um jogo fora de casa. O time da Maravilha do Contorno volta a campo no domingo (16), às 18h, quando vai enfrentar o CSA-AL, fora de casa, pela Copa do Nordeste.

Voz da Torcida