Cajazeiras/PB terça-feira , 4 de agosto de 2020

Cajazeiras

Crueldade: Jovem comerciário foi assassinado a facadas e teve corpo queimado em Cajazeiras

Um crime de morte com requinte de crueldade ocorreu na noite deste sábado (04), na Rua São Sebastião em Cajazeiras. […]

Roberto ao lado de sua mãe

Roberto ao lado de sua mãe

Um crime de morte com requinte de crueldade ocorreu na noite deste sábado (04), na Rua São Sebastião em Cajazeiras. O jovem Roberto dos Santos Pereira, 32 anos, foi morto a facadas e teve seu corpo totalmente queimado. O crime ocorreu na sua própria residência quando a vítima e acusado estaria bebendo.

Segundo relatos de testemunhas, por volta das 22h00 vizinhos escutaram gritos de socorro e fumaça vindo do interior da residência da vítima. De imediato, a polícia foi acionada e ao chegar ao local se deparou com Roberto esfaqueado e em chamas. A primeira ação dos policiais foi apagar o fogo enquanto uma equipe do SAMU chegava pra socorrer o jovem até o hospital regional.

Mesmo agonizando, a vítima conseguiu falar o nome do acusado do bárbaro crime. Segundo ele, o seu próprio companheiro de trabalho de nome Henrique de Amáncio teria sido o autor da crueldade. Ambos trabalhavam na Madeireira Piranhense.

Roberto ao lado do seu colega de trabalho acusado do crime

Roberto ao lado do seu colega de trabalho acusado do crime

Ao ser socorrido para o Hospital Regional de Cajazeiras, a vítima não resistiu falecendo ao receber atendimento médico.

Roberto era um jovem aparentemente tranquilo e estava noivo. Residia na Rua São Sebastião desde criança. Sua mãe conhecida pelo apelido de dona Ninhinha estava morando em Mossoró – RN com o seu outro filho Ricardo.

O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Patos para ser necropsiado.

A polícia está em diligência tentando localizar e prender o acusado do crime.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redação Portal CZN