Publicada em 10 de dezembro de 2018 - 12:12

Dois militantes do MST são executados no Litoral paraibano

José Bernardino da Silva e Rodrigo Celestino, ambos militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra da Paraíba (MST-PB), foram […]

mstJosé Bernardino da Silva e Rodrigo Celestino, ambos militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra da Paraíba (MST-PB), foram mortos na noite deste sábado (8) no acampamento Dom José Maria Pires, que fica no município de Alhandra.

Execução

De acordo com uma nota oficial divulgada pelo MST-PB, homens encapuzados invadiram o acampamento enquanto o grupo jantava, e efetuaram diversos disparos contras as vítimas, que não resistiram e morreram no local. Na nota, o MST-PB ainda cobrou justiça e reafirmou a luta em defesa da terra.

Acampamento

O acampamento Dom José Maria Pires fica em uma área da Fazenda Garapu, pertencente ao Grupo Santa Tereza, ocupada pelas famílias em julho de 2017.

Pesar

Em nota, o Governo do Estado lamentou a morte dos militantes e o governador Ricardo Coutinho “revelou profunda indignação contra o ato, determinou imediatamente à Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social que se tomasse todas as providências possíveis para alcançar o mais rápido desfecho das investigações e, consequentemente, responsabilização dos culpados”, diz o documento.

Portal Correio