Publicada em 25 de agosto de 2019 - 23:26

Empresário que mora em Sousa dirigia Hilux que matou quatro pessoas no Alto Oeste do RN

Confirmado. O empresário Francisco Gladyson Jácome de Abrantes Sarmento, residente no Edifício Portal do Sol, no Centro da cidade de Sousa, Sertão […]

Confirmado. O empresário Francisco Gladyson Jácome de Abrantes Sarmento, residente no Edifício Portal do Sol, no Centro da cidade de Sousa, Sertão paraibano, é o condutor de uma caminhonete modelo Hilux, cor branca, ano 2019, placas QGU 4J65, que se envolveu em um acidente com quatro vítimas fatais neste sábado (24) no município de José da Penha, região do Alto Oeste do Rio Grande do Norte.

O advogado Ozael Fernandes, contratado para defender o empresário dos segmentos de pneus e variedades em atacado, disse neste domingo (25) ao Blog do Levi que “Gladyson de Chico do Bar”, como é conhecido, deixou o local temendo ser linchado e que vem dando toda assistência aos familiares das vítimas.

Sobre o acidente, o jurista afirmou os faróis das motos estavam apagados e os condutores pilotavam sem equipamentos de segurança. “Alguns dizem que as vítimas invadiram a mão de direção dele. Outros dizem o contrário. Ninguém sabe ao certo. Ainda vou falar com o delegado”, pontuou Dr. Ozael.

O defensor ainda confirmou que seu cliente se envolver em acidente anterior na cidade de Uiraúna. Segundo ele, a vítima não se feriu, mas mesmo assim Francisco Gladyson foi agredido por um filho dela e perseguido por dois motociclistas.

Vítimas fatais 

Kleverson Ryan de Almeida Araújo, 18 anos; Fernando Fernandes Fontes, 21 anos; Edimar Lima Morais, 41 anos e José Loide Fontes do Rêgo, 58 anos.

Leia mais: ÁUDIO! Ex-prefeito da região de Sousa se compara a Coca-Cola

A caminhonete seguia de Uiraúna, Sertão da Paraíba, na direção de José da Penha, quando colidiu com duas motocicletas que seguiam no sentido contrário com quatro pessoas pela BR 405. Todos os ocupantes das motos morreram na hora.

Três das vítimas fatais residiam em José da Penha e a outra na cidade de Luís Gomes, também no Alto Oeste potiguar. O impacto foi tão violento que esfacelou os corpos das vítimas.

 

Blog do Levi