Publicada em 30 de julho de 2017 - 10:40

Empresas investem US$ 300 mi em mineradora na PB que pode gerar 1,1 mil empregos

Uma mineradora com maquinário alemão avaliado em US$ 300 milhões será instalada na Zona Rural do município de Pedra Branca, […]

minerioUma mineradora com maquinário alemão avaliado em US$ 300 milhões será instalada na Zona Rural do município de Pedra Branca, no Sertão da Paraíba, a 445 km de João Pessoa, de onde será extraído minério de ferro. Segundo o empresário Antônio Leite, dono da propriedade em que o empreendimento será implantado, a iniciativa deverá gerar 1,1 mil empregos diretos quando a produção na mina estiver em pleno funcionamento. O início da montagem da usina está previsto para novembro deste ano, com inauguração estimada para o segundo semestre de 2018.

As empresas Rogesa Group (Alemanha) e Promac S/A (China) terão a concessão para a exploração da jazida, pelo período de 15 anos. Pesquisas feitas na região indicaram que o minério de ferro encontrado na localidade tem 69% de pureza. A estimativa de produção anual é de 750 mil toneladas, gerando um faturamento bruto de US$ 75 milhões. Os números referentes à extração e aos lucros produzidos ainda podem variar, conforme antecipou Antônio Leite:

“As pesquisas no local seguem em andamento e permanecemos em fase de negociações com investidores”, revelou o empresário, afirmando que dentro de pouco tempo terá informações mais completas para fornecer à sociedade.

O maquinário que será utilizado, conforme confirmação do empresário, já se encontra comprado no Brasil e está a caminho da Paraíba por meio de navios. A foto em destaque nesta matéria ilustra como deve ser a estrutura quando estiver pronta.

Conforme indicado para o Portal Correio, os destinos de venda do minério serão China e Alemanha, com logística de exportação partindo dos portos de Suape (PE) e Cabedelo (PB).

 

Portal Correio