Cajazeiras/PB domingo , 28 de novembro de 2021

H1N1

Garota de 11 anos residente em Sousa morre com suspeita da gripe H1N1 quando era transferida

Uma menina de 11 anos moradora da cidade de Sousa, no Sertão da Paraíba, morreu nesta terça-feira (14) com suspeita de […]

vacina_h1n1Uma menina de 11 anos moradora da cidade de Sousa, no Sertão da Paraíba, morreu nesta terça-feira (14) com suspeita de gripe H1N1. A criança estava no Hospital Regional de Sousa (HRS) e sofria de problemas respiratórios. Ela morreu no momento em que era transferida em uma ambulância para João Pessoa. Esse foi o primeiro caso de morte em Sousa suspeita de H1N1 em 2016.

A internação
De acordo com a família, a criança começou a ter os sintomas de uma gripe comum e na terça (12) foi levada para o Hospital Materno Infantil onde recebeu atendimento e logo foi liberada. Na quinta-feira (14)  foi levada novamente em estado gravíssimo para o Hospital Regional (HRS).

Durante a tarde ela foi transferida, mas a veio a óbito na ambulância, próximo ao Município de Pombal, no Sertão da Paraíba.

Diagnóstico
A equipe do Diário do Sertão entrou em contato com o setor de epidemiologia, que revelou que o caso foi notificado, colhido os exames necessários e encaminhados para o Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba.

 

A vacina
No Hospital Regional, centenas de funcionários já foram vacinados e de acordo com Amanda Silveira, gerente da 10ª Gerência Regional de Saúde, na cidade de Sousa, mais de 44 mil doses deverão ser distribuídas em Sousa e região.

Sintomas e prevenção
É difícil diferenciar a gripe causada pelo H1N1 de outra gripe comum. A preocupação maior é a Síndrome Respiratória Aguda Grave, que tem levado as pessoas a óbito. Os sintomas são: falta de ar, desconforto respiratório, aumento da frequência respiratória e queda de pressão.

A reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão entrevistou o médico Achilles Vilar e ele falou sobre os sintomas, a prevenção e tratamento para a H1N1.

 

 

DIÁRIO DO SERTÃO