Publicada em 10 de outubro de 2017 - 19:01

Inácio Falcão quer ‘cara a cara’ com Genival Matias para saber motivos do convite para deixar legenda

Apesar de o deputado estadual Genival Matias, que é o presidente do Avante na Paraíba, ter dado declarações de que […]

falcaoApesar de o deputado estadual Genival Matias, que é o presidente do Avante na Paraíba, ter dado declarações de que não mais gostaria de ter o deputado Inácio Falcão (Avante) nos quadros da legenda, o parlamentar disse, em entrevista nesta terça-feira (10), que quer uma espécie de ‘cara a cara’ com o dirigente, para colocar os pontos nos is.

Falcão disse que até agora não foi comunicado nem convocado pela direção do partido sobre a possível desfiliação. Ele disse ainda que não vai pedir para deixar a legenda, sobretudo pelas implicações partidárias, a fim de evitar que o mandato seja contestado judicialmente.

“Não posso dizer que estou confortável, porque, na verdade, eu só posso permanecer dentro de uma casa se aquela casa me aceita. Ele (Genival) já externou à imprensa que não se sente confortável com a minha presença dentro do partido e eu preciso que ele me diga qual foi o motivo de ele se sentir incomodado e eu também quero que ele informe qual foi o artigo do estatuto que eu infringi”, disse.

Falcão disse ainda que, apesar do impasse, tem recebido vários convites de legendas e que já se reuniu com pelo menos três presidentes de partidos no Estado. “Legendas não faltam. O que eu estou achando estranho é justamente a legenda para qual fui eleito não me aceitar, enquanto outros partidos estão abrindo as portas. Então é estranho o Avante não querer me aceitar”, arrematou.

O deputado disse que segue aguardando uma convocação ou um posicionamento oficial do partido para tomar as devidas providências.

PB Agora