Cajazeiras/PB domingo , 5 de julho de 2020

HRC

Jeová reafirma apoio a governador João, mas critica exoneração de diretora do Hospital de Cajazeiras

O deputado estadual Jeová Campos, que faz parte da base de apoio ao governador João Azevedo na ALPB, ficou surpreso […]

O deputado estadual Jeová Campos, que faz parte da base de apoio ao governador João Azevedo na ALPB, ficou surpreso e indignado ao tomar conhecimento da exoneração da diretora geral do Hospital de Cajazeiras, Edjane Leite. O parlamentar afirmou, logo após comprovar a veracidade da informação, que continua na base de apoio do governo, mas que não aceita que usem seu nome de forma vil e mentirosa e que ele seja humilhado politicamente em sua principal base eleitoral. “A forma como fizeram a exoneração da diretora do hospital é um ato completamente irresponsável de quem fez e politicamente inaceitável, porque usaram meu nome, mentindo”, desabafou Jeová.

De acordo com o parlamentar, o deputado Júnior Araújo e a ex-prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque, aliados de última hora do atual governo, falaram com Ronaldo Guerra e mentiram para ele dizendo que Jeová  concordava com a exoneração de Edjane. “Isso é uma mentira, eu não disse nada neste sentido e, mais ainda, estou revoltado com tudo isso. Apoio João, pretendo continuar na base do governo, mas não aceitarei ser humilhado desta forma em Cajazeiras”, disse Jeová.

O ato de exoneração está publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (20), e além da exoneração da Diretora do Hospital Regional de Cajazeiras, Edjane Leite, traz também o ato que exonera Iara Maysa Gonçalves de Brito, da direção do Hospital Distrital de Itaporanga. Na mesma edição do DO, o governador João Azevêdo nomeia Rogéria Chelly Diniz, para ocupar a função de diretora distrital do Hospital de Itaporanga e Manuel Telamon Arruda Filho (Telminho), para a direção geral do Hospital Regional de Cajazeiras.

News Comunicação