Cajazeiras/PB segunda-feira , 17 de fevereiro de 2020

Assembleia Legislativa

Líder do G11, Felipe Leitão rebate Damião Feliciano e defende CPI da Calvário: ‘Golpes foram as eleições de Lígia’

O novo líder do G11, o grupo paragovernista da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Felipe Leitão (DEM), rebateu nesta […]

O novo líder do G11, o grupo paragovernista da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Felipe Leitão (DEM), rebateu nesta segunda-feira (10), a denúncia do deputado federal Damião Feliciano (PDT), de que estaria em curso um golpe contra o governador João Azevêdo (Cidadania) e contra a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) no legislativo. O parlamentar disse que o termo ‘golpe’ poderia ser aplicado às duas eleições de Lígia como vice-governadora.

“Não iremos admitir qualquer tipo de insinuação caluniosa, como a que fez o deputado Damião Feliciano. Dizer que a Assembleia quer dar um golpe. Ora, que golpe? Nós não iremos aceitar esse tipo de insinuação. Talvez, golpe podem ter sido as duas eleições de Lígia, eleita vice-governadora duas vezes pela organização que a gente já conhece”, rebateu Leitão.

O parlamentar também defendeu o papel da Assembleia na análise do pedido de impeachment. “Na Assembleia, tem homens e mulheres de bem e nós não damos golpe em ninguém, não. Nós repudiamos veemente essas declarações do deputado Damião Feliciano, que foi extremamente infeliz em suas declarações”, disse. Segundo ele, o G11 vai analisar o impeachment do governador e apoiar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Operação Calvário. “Sem dúvidas, sou o primeiro a ficar disponível para assinar a CPI da Calvário. Que se investigue, quem for podre que se quebre”, declarou.

Felipe Leitão evitou comentar as declarações do governador João Azevêdo, que na manhã de hoje endossou as críticas de Damião Feliciano. “Confesso que não estou por dentro do que disse o governador, pois estava em viagem e cheguei agora há pouco à Paraíba. Se o governador foi nessa linha também, vou analisar essa fala e se for o caso fazer um pronunciamento na Assembleia Legislativa”, prometeu.

As declarações de Felipe Leitão repercutiram no programa Hora H, transmitido pela rádio POP FM.

Com Polêmica Paraíba