Publicada em 17 de novembro de 2017 - 19:38

Mãe pede por justiça após DNA confirmar padrasto como pai de neto

“Estou muito feliz, quero só agora minha filha de volta. Ele estava pedindo DNA porque dizia não ter feito nada. […]

Polícia-Civil-da-Paraíba-696x474“Estou muito feliz, quero só agora minha filha de volta. Ele estava pedindo DNA porque dizia não ter feito nada. Eu queria ir dar um abraço nela e pedir minha filha de volta. Estou criando meus filhos e quero criar ela e meu neto”. Foi dessa maneira que a mãe da menina de onze anos que engravidou e teve um filho do padrasto, Odmilson Barbosa da Silva, reagiu ao saber do resultado que comprovou que o suspeito é o pai da criança.

Em entrevista ao programa Correio Debate, da Correio SAT, a mãe da menina disse que quer justiça e que o suspeito não seja libertado, pois ela tem medo do que ele possa fazer.

“Peço muita força, muita justiça para não soltar ele não. Quero ele pagando por tudo que ele fez. Estou com medo dele me pegar se soltarem ele”, disse a mãe da menina.

DNA confirmou paternidade

A informação sobre o resultado DNA foi confirmada nessa quinta-feira (16), mas o processo segue em segredo de Justiça. A defesa de Odmilson Barbosa não falou sobre o laudo, mas disse que pedirá um novo exame, em caso de resultado positivo.

O suspeito foi preso uma semana após o nascimento do bebê e chegou à Central de Polícia exigindo que fosse feito o exame de DNA que, segundo ele, comprovaria sua inocência. O pedido foi acatado pelo Ministério Público Estadual e o resultado servirá de prova contra ou a favor de Odmilson Barbosa.

Ele foi preso na cidade de Recife (PE), para onde fugiu dias depois que a gravidez da menina foi descoberta, em abril deste ano, ocasião em que a adolescente apontou o padrasto como pai.

 

 

Portal Correio