Cajazeiras/PB sábado , 27 de novembro de 2021

Casal morto

Morte casal: delegado diz que mulher pode ter matado marido e depois se suicidado por descobrir abuso contra filha

Surge um fato novo após a morte do casal cujo corpos foram encontrados na manhã de domingo (22), no município […]

Surge um fato novo após a morte do casal cujo corpos foram encontrados na manhã de domingo (22), no município de Marizópolis. A polícia civil continua investigando a morte de Rodrigo Aragão, 24 anos e Géssika Silva, 28 anos, e conforme o delegado seccional Ilamilto Simplício, existem duas linhas de investigação que estão sendo apuradas pela polícia civil.

Durante entrevista no programa OLHO VIVO da TV Diário do Sertão nesta segunda-feira (23), o delegado afirmou que a mulher pode ter matado o marido com aproximadamente 20 golpes de faca e depois cometeu suicídio ingerindo várias substâncias químicas. Sobre o motivo do crime, o delegado disse que seria porque teria sido descoberto por ela um possível abuso sexual de Rodrigo com sua filha de 11 anos.

Ainda o delegado aponta uma segunda hipótese que a policia trabalha, onde o homem pode ter matado a esposa através de esganadura, já que a vítima apresenta lesões no pescoço, e depois de ter cometido o feminicídio ele teria se automutilado.

Laudos e exames toxicológicos
O resultado do exame toxicológico realizado pelo Instituto Médico Legal (IML) vai apontar que ingeriu as substâncias químicas, e os laudos vão apontar realmente as causas das mortes de Rodrigo e Géssika.

“São duas hipóteses, mas não há uma posição concreta do que aconteceu realmente, é muito cedo para a polícia civil definir o que aconteceu realmente naquela cena de crime”, disse o delegado.

Portal CZN com Diário do Sertão