Cajazeiras/PB domingo , 19 de janeiro de 2020

MPF

MPF investiga possível fraude no programa Minha Casa Minha Vida em Sousa. Prefeitura atribui distribuição das casas a gestão passada

Após denúncia de possível fraude na inscrição do programa Minha Casa Minha Vida da cidade de Sousa, o MPF abriu […]

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Após denúncia de possível fraude na inscrição do programa Minha Casa Minha Vida da cidade de Sousa, o MPF abriu inquérito através de Portaria assinada pelo Procurador da República Anderson Danillo Pereira Lima para investigar possível fraude na aquisição da casa própria popular no Residencial Lagoa dos Patos.

As investigações apuram se realmente se confirma a denuncia de uma agricultora de 50 anos contemplada com uma das casas, e que não recebeu o imóvel. Segundo relato da denunciante, ela participou até de uma  vistoria no imóvel, mas, seu nome nãos consta na lista dos contemplados. A denunciante ainda revelou ao MPF que entrou em contato com o Ministério das Cidades que confirmou ter um imóvel cadastrado com o seu nome.

O chefe do setor de habitação da Prefeitura de Sousa Gerlando Linhares revelou a reportagem do Portal CZN que essa gestão não tem nenhuma responsabilidade com o Conjunto Habitacional Lagoa dos Patos, atribuindo a gestão passada, já que não foi recebido nenhuma documentação do setor de habitação, e por isso não é do conhecimento da atual gestão a forma como foi procedido a distribuição e entrega das unidades habitacionais investigadas pelo MPF. “Nós não temos conhecimento de nada, porque quando assumimos a prefeitura em 2017, não recebemos nenhuma documentação do departamento de habitação dessas casas do Lagoa dos Patos. Não sabemos como foi feito esse sorteio, e entrega dessas casas. Estamos completamente por fora disso, não sabemos quem vendeu, quem comprou, quem recebeu e quem deixou de receber. Isso está sendo investigado pelo Ministério Público”, revelou.

Gerlando Linhares ainda adiantou que a gestão atual é responsável pelo Conjunto Habitacional Silvana Braga 2.

ÁUDIO GERLANDO LINHARES:

 

Portal CZN