Publicada em 02 de maio de 2019 - 12:20

MPPB denuncia Leto Viana, Roberto Santiago e mais 12 pessoas

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) apresentou, na terça-feira (30), denúncia contra 14 alvos da terceira fase da Operação Xeque-Mate, […]

MPPB-1-696x553O Ministério Público da Paraíba (MPPB) apresentou, na terça-feira (30), denúncia contra 14 alvos da terceira fase da Operação Xeque-Mate, conduzida pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco). Entre as pessoas denunciadas estão o ex-prefeito de Cabedelo, Leto Viana, e o empresário Roberto Santiago. Ambos estão presos por participação num esquema que envolveu fraudes em licitação, corrupção e desvio de recursos públicos.

De acordo com o Gaeco/MPPB, essa é a quinta vez em que são apresentadas denúncias relativas à força-tarefa Xeque-Mate. O trabalho integrado tem apoio da Polícia Federal (PF) e da Controladoria-Geral da União (CGU).

Conforme o Gaeco/MPPB, a nova denúncia diz respeito à descoberta de que a organização criminosa atuou em três dispensas emergenciais e em uma concorrência relacionada aos serviços de limpeza urbana de Cabedelo, cometendo fraudes e direcionamentos que acabaram beneficiando a empresa Light Engenharia e Comércio, em contratos estimados em mais de R$ 35 milhões. As fraudes acabaram lesando o patrimônio do Município e beneficiando diversos agentes, dentre empresários e servidores públicos, que eram destinatários de repasses periódicos de recursos ilícitos.

Veja nomes dos denunciados

– Wellington Viana França

– Érika Moreno de Gusmão

– Simone Medeiros Bezerra

– Severino Medeiros Ramos Filho

– Maria Eliane de Araújo Medeiros

– Pedro Paulo Araújo Medeiros

– Sérgio Augusto Duarte Ramos

– Lavanério de Queiroz Duarte Júnior

– Mário Sérgio Macedo Lopes

– Maykel Alexandre Alves Filgueira

– Roberto Ricardo Santiago Nóbrega

– Kelnner Maux Dias

– Fabrício Magno Marques de Melo Silva

– Marcos Antônio Silva dos Santos

 

Portal Correio