Publicada em 24 de outubro de 2019 - 9:18

‘PÁ NA COVA’: torneio de coveiro mais rápido promete premiação de R$ 1.200, na Paraíba

A cidade de Conde vai sediar o torneio “Pá na cova” de coveiro mais rápido da Paraíba, para reconhecer o […]

coveiroA cidade de Conde vai sediar o torneio “Pá na cova” de coveiro mais rápido da Paraíba, para reconhecer o serviço realizado por esses profissionais vai premiar a equipe que cavar uma cova mais rápido por meio do campeonato.

A premiação total vai ser de R$1.200 para o grupo de coveiros que conseguir atender a metragem exata com melhor estética das paredes.

As inscrições para o torneio são gratuitas e estavam previstas para ser abertas em 1º de novembro, dia de finados. A organização, no entanto, resolveu antecipar após o vazamento da regulação do campeonato.

Critérios

Os três primeiros colocados vão receber troféus. O regulamento prevê equipes formadas por duplas em que ao menos um dos dois seja coveiro profissional, com comprovação da carteira de trabalho e contracheque.

O uso de roupas e acessórios adequados como bota ou sapato fechado e luvas são critérios de participação. Também fica por conta dos participantes as ferramentas que serão utilizadas no torneio. Para saber quem é o coveiro mais rápido, só poderão ser utilizados como ferramentas a tradicional pá, enxada, enxadeco, picareta, trena e gabarito.

As equipes que quiserem demonstrar a real habilidade em abrir covas para o famoso ‘descanso eterno’ devem seguir à risca a metragem estabelecida pela equipe de regulação. São 2,20 metros de comprimento, 0,70 centímetros de largura e 1 metro de profundidade.

Para evitar ‘trapaças’, serão desclassificadas as equipes que jogarem terra na cova do vizinho ou insultar os demais participantes.

O prêmio total é de R$ 1.200, divididos entre as três equipes melhor classificadas. O primeiro lugar leva para casa R$ 600. Já o segundo R$ 400 e o terceiro R$ 200. Todos os que participarem vão receber medalha para reconhecer o trabalho que fazem em benefício da sociedade.

Para manter os coveiros hidratados, a organização vai garantir água mineral gratuitamente, além de disponibilizar uma equipe de médicos para atendimentos no local.

Polêmica Paraíba