Cajazeiras/PB sábado , 17 de abril de 2021

Antônio Fernandes

Para não perder Curso de Medicina e Hospital: HUJB será ampliado aumentando para 100 leitos e se transformará no HU do Sertão

A proposta aceita pela EBSERH é de ampliar os serviços de saúde do HUJB aumentando de 30 para 100 leitos […]

A proposta aceita pela EBSERH é de ampliar os serviços de saúde do HUJB aumentando de 30 para 100 leitos e ampliando para 1.000 o número de funsionários.

Após retornar de Brasília, o Magnífico Reitor da UFCG Antônio Fernandes prestou uma entrevista coletiva a imprensa na manhã dessa quinta-feira (25), e fez revelações importantes, alertando alguns problemas, que coloca em risco a cidade de Cajazeiras perder o HUJB (Hospital Universitário Julio Bandeira) e o Curso de Medicina.

Segundo Fernandes, um grande desafio foi encontrado por ele ao assumir a reitoria e logo tratou de buscar uma solução sem querer apontar culpados.

O fato é que uma auditoria feita pela EBSERH no HUJB verificou uma série de deficiências, que coloca em risco a manutenção do hospital, podendo ser devolvido ao município. Na realidade, a atual situação daquela casa de saúde é de deficiência financeira para manter os serviços oferecidos, e o não cumprimento de requisitos para ser um hospital escola. Diante disso, a EBSERH poderia não mais administrar o HUJB possibilitando o retorno para o município.

Baseado nessa realidade, o reitor buscou correr contra o tempo, e já em Brasília apresentou algumas propostas conforme solicitado pela EBSERH para contornar o grave problema. Na referida proposta, o HUJB deverá se transformar no Hospital Universitário do Sertão Julio Bandeira, ampliando os seus serviços que contará uma uma série de especialidades, atendendo a média e alta complexidade. Seria uma forma de adaptar o sonho do HU do Sertão a uma realidade, que servirá para o atendimento a saúde de toda a população da região. O hospital terá uma estrutura ampliada e serão adquiridos equipamentos para exames de Tomografia, Ressonância Magnética, dentre outros de grande importância.

A ampliação do HUJB faz a sociedade sertaneja a pousar numa realidade, já que o projeto do novo HU do Sertão é muito ousado, se tornando inviável tecnicamente e financeiramente levando em consideração a atual situação e condições do sistema de saúde. Para se ter uma ideia, o HU do Sertão teria 200 leitos sendo bem maior do que o HU de Campina Grande em funcionamento há décadas que possui 160 leitos.

Os recursos conseguidos por meio de emendas parlamentar na ordem de R$ 25 milhões continuam em conta bancária desde 2019. Visando não perder esse recurso, o que deverá ser feito para tentar utilizar na ampliação do HUJB será denominar de Hospital Universitário do Sertão Julio Bandeira.

Estudos técnicos já estão sendo feitos, e na manhã dessa quinta-feira (25), houve uma reunião da equipe técnica da EBSERH com direção do HUJB.

Por fim, o reitor ainda tratou em Brasília sobre a implantação de novos cursos na área de saúde, e a criação do Centro de Ciências da Saúde do campus de Cajazeiras. Além da ampliação do número de vagas do curso de Medicina.

Portal CZN