Cajazeiras/PB terça-feira , 21 de setembro de 2021

Cajazeiras

Polícia Civil de Campina Grande prende segundo acusado do arrombamento da casa do Casal Lívia e Carlinhos do Paredão em Cajazeiras

A Polícia Civil de Campina Grande prendeu o nacional Robson Oliveira Lima  de 41 anos, segundo responsável pelo roubo na […]

A Polícia Civil de Campina Grande prendeu o nacional Robson Oliveira Lima  de 41 anos, segundo responsável pelo roubo na casa  do casal Carlinhos do Paredão e Lívia Gonçalves que morreram no mês de fevereiro vítima da COVID 19.

O furto ficou bastante conhecido e chamou a atenção da sociedade por ter sido praticado no mesmo dia do sepultamento dele e de sua esposa, ambos mortos em decorrência de complicações da Covid-19.

 “O fato aconteceu na madrugada do dia 23 de fevereiro de 2021, o casião em que elementos não identificados adentraram à oficina de Carlinhos do Paredão e subtraíram diversos aparelhos de som. Não bastasse esse fato lamentável, Carlinhos e sua esposa foram sepultadosno final da manhã do dia 23 e, no mesmo dia, no período noturno, os indivíduospraticaram o delito”, destacou o delegado Glauber Fontes. 

 Segundo o delegado Glauber Fontes, que hoje está atuando na cidade de Campina Grande juntamente com sua equipe realizaram o monitoramento e conseguiram prender o investigado depois de um trabalho incansável e no dia de ontem cumpriram o mandado de prisão. 

 O elemento já está no presídio de Campina Grande a disposição da  justiça 

A Primeira prisão foi a de Michael Sales Medeiros Vulgo Nego de 33 anos, natural de Campina Grande PB,  ocorreu através de uma ação coordenada pela Delegacia Seccional de Cajazeiras, com o apoio da delegacia de roubos e furtos de Campina Grande-PB e de policias civis do setor de inteligência da polícia civil e polícia rodoviária federal, e foi desencadeada no final da tarde do dia, 23/03/21.

Ângelo Lima