Cajazeiras/PB terça-feira , 25 de janeiro de 2022

Presos

Polícia prende casal acusado de envolvimento no primeiro homicídio do ano em Cajazeiras. Vítima pode ter sido morto por engano

O Serviço de Inteligência P2 do 6º BPM prendeu na manhã deste sábado (03) dois possíveis envolvidos na morte do […]

acO Serviço de Inteligência P2 do 6º BPM prendeu na manhã deste sábado (03) dois possíveis envolvidos na morte do ex-presidiário João Carlos Maciel Sarmento de 23 anos que foi morto com dois tiros na madrugada de sábado (03) na Asa Sul de Cajazeiras.

Informações dão conta que dois homens em Fiat Uno de Cor Vermelha foram até o bairro são Francisco comprar cocaína e ao chegarem ao bairro foram abordados por uma mulher identificada por Babi que levou até o ponto de venda de droga na companhia de um homem identificado por Reginaldo, sendo este o possível traficante que vendeu a suposta droga aos homens relatou Babi.

Quando os ocupantes do carro foram fazer uso do entorpecente descobriram que tinham sido enganados e tinha comprado “pó de giz”.

De imediato retornaram ao local com a mulher para tomar satisfação. Chegando ao local encontraram a vítima onde aconteceu uma discussão em seguida efetuaram os tiros que tiraram a vida do albergado.

Provavelmente sendo morto por engano já que o alvo era Geraldo suposto vendedor da droga, que foi preso horas depois pela P2 ficando a disposição da justiça.

Já Babi foi encaminhada para a cadeia feminina contra ela existia um mandado de prisão.

Os dois envolvidos não confessaram quem matou João Carlos. O serviço de inteligência já trabalha para descobrir quem são os autores o autor dos disparos.

 

Com blog Angêlo Lima

O corpo da vítima foi sepultado na manhã deste domingo no cemitério Nossa Senhora de Aparecida zona leste de Cajazeiras.