Cajazeiras/PB terça-feira , 25 de janeiro de 2022

Eleições 2022

PTB decide que terá candidato a governador na PB e cajazeirense Nilvan Ferreira lança seu nome

O radialista Nilvan Ferreira, disse, nesta terça-feira, (7), em entrevista ao programa ’60 minutos’, que irá se candidatar pelo Partido […]

O radialista Nilvan Ferreira, disse, nesta terça-feira, (7), em entrevista ao programa ’60 minutos’, que irá se candidatar pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) a governador do estado da Paraíba.

“O partido assume definitivamente uma postura de protagonista e não vai mais esperar por ninguém”. A declaração é do presidente estadual do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Nilvan Ferreira, durante entrevista ao programa 60 Minutos, do Sistema Arapuan de Comunicação, ao afirmar que a legenda terá candidatura própria na disputa ao Governo do Estado em 2022 contra o atual governador João Azevêdo (Cidadania).

Segundo Ferreira, a decisão foi tomada após encontro da Executiva Nacional, que ocorreu no final da tarde de hoje (8), onde houve a deliberação em favor da uma candidatura própria por parte da legenda. Ele pontuou ainda que o processo faz parte de uma promessa feita pelo partido de que o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), terá palanque na Paraíba em 2022.

“O partido terminou agora sua reunião com a análise de que a oposição não pode continuar dessa forma, sem ter uma relação mais forte com o cenário político do Estado. Houve a desistência de Romero, o PSDB que tinha retirado candidatura agora tenta voltar [Pedro Cunha Lima], e a impressão que fica é que a oposição não tem candidatura porque ninguém tem coragem de enfrentar o governador João Azevêdo”, disse.

“A orientação do partido é andar todo o Estado e eu vou começar a fazer isso de uma forma mais forte a partir de amanhã [sábado]. Eu vou começar a andar pela Paraíba, levantar os grandes temas e o partido vai acompanhar todo esse processo fazendo pesquisa interna para saber o termômetro perante a opinião pública. O que não pode é essa impressão de que a Paraíba só tem um candidato e agora o PTB assume essa posição, até para garantir também um palanque para o presidente Bolsonaro no processo de reeleição para 2022”, concluiu Nilvan Ferreira.

Com Paraíba.com.br