Publicada em 29 de novembro de 2010 - 11:18

Quadrilha é presa utilizando “Chupa Cabra” para clonar cartões no Bradesco de Cajazeiras

Na tarde de sábado (27), a polícia conseguiu prender uma quadrilha atuando na agência do Banco Bradesco de Cajazeiras. Por […]

Na tarde de sábado (27), a polícia conseguiu prender uma quadrilha atuando na agência do Banco Bradesco de Cajazeiras. Por volta das 13h00, os acusados instalaram um aparelho denominado “Chupa Cabra”, no Caixa Eletrônico com objetivo de clonar os cartões dos clientes que usaram o equipamento. Através de um telefonema anônimo, a PM iniciou investigação para localizar os meliantes envolvidos no crime.

Em frente a agência do banco foi abordado os ocupantes de um veículo Cross Fox de placa FLY 0943. No veículo foi encontrado fita isolante, cola super Bond, tesoura, chave de fenda, arames, além de uma camisa listrada e um short possivelmente utilizados durante a instalação do Chupa Cabra.

Foram presos: Joel Ferreira de Sousa, 51 anos, José Correia de Sousa, Francisco Roberto de oliveira, 29 anos, José Manoel de Sousa, 72 anos agricultor. Ainda a PM conduziu para a DP o taxista Anaílson Alexandre Parnaiba, 29 anos, sendo constatado que o mesmo não teve participação no crime.

O principal suspeito Joel Ferreira de Souza, morador da rua Maria Antonia – s/n – Ipaumirim-CE, profissão ajudante, possuía várias passagens pela justiça incluindo a prática de furtos e crimes de mesma natureza em várias estados da federação: Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, sendo encontrado na carteira do abordado 02(dois) alvará de soltura, de crimes contra o Patrimônio de instituições Bancárias de outros estados. No momento da abordagem Policial o acusado José Correia de Souza, vulgo:” Pica de ouro”, conseguiu foragir entretanto foi perseguido e preso no município de Ipaumirim – CE. Além dos policiais da Paraíba também participaram da operação a PM do Ceará.

Com os acusados foram apreendido: 01 rifle, munições, 132 (cento e trinta e dois) cartões clonados, 18 (dezoito chupa cabra), celulares, e ainda 30 (trinta)carteiras de trabalho e CPFs, uma carteira de identidade falsa, 02(dois) Notebooks, 02(dois) scaners,muitas ferramentas para instalação de câmeras, dentre outros materiais.

A operação foi coordenada pelo Comandante do 6º BPM Coronel Vilson Dutra e Major Sobreira Comandante da PM de Brejo Santo no Ceará. Além da participação do tenente Bruno e dos policiais do Serviço de Inteligência do 6º BPM “P2”.

Redação Portal CZN