Publicada em 21 de junho de 2017 - 19:06

Ricardo minimiza envio de lista de ‘codificados’ à PF e reforça tese de fraude

RCO governador Ricardo Coutinho (PSB) comentou, nesta quarta-feira (21), o envio, pelo Sindicato dos Auditores Fiscais do Estado (Sindifisco), da […]

rcoutinhoRCO governador Ricardo Coutinho (PSB) comentou, nesta quarta-feira (21), o envio, pelo Sindicato dos Auditores Fiscais do Estado (Sindifisco), da lista com todos os funcionários ‘codificados’ que estariam irregulares à Polícia Federal (PF).

De acordo com o Sindifisco, a remessa dos dados à PF tem por objetivo desestruturar supostos esquemas de beneficiários que não aparecem nas folhas de pagamento.

Ricardo disse que não lhe interessa para onde a lista foi enviada e que o caso já está sendo investigado pela polícia. Segundo ele, quem fraudou a lista será responsabilizado na Justiça. “Quem fraudou vai se ver com as barras da lei, e se for funcionário público, perderá o emprego”, avisou.

Para o governador, a lista dos funcionários foi alterada para criar um clima de instabilidade em seu governo. Ele revelou que quem divulgou a lista já está sendo ouvido pela polícia e responderá a inquérito. “Aumentaram a lista em quase duas vezes. Ninguém pode fazer isso. Essa fraude foi divulgada para expor as pessoas, para criar um clima de instabilidade”, declarou.

 

Portal Correio