Cajazeiras/PB domingo , 19 de janeiro de 2020

Cultura

A sanfona de Gonzagão nas cordas clássicas de uma orquestra

Uma celebração da força e riqueza da cultura nordestina, numa parceria entre as Fundações Francisca Fernandes Claudino (Funffec – Luís […]

consertoUma celebração da força e riqueza da cultura nordestina, numa parceria entre as Fundações Francisca Fernandes Claudino (Funffec – Luís Gomes-RN) e Lica Claudino (FLC-Uiraúna). As duas instituições uniram seus dois expressivos projetos de educação musical: Orquestra Funffec de Cordas e a Big Band SolMi – respectivamente – para a produção do espetáculo intitulado “Um som para Gonzaga: 30 anos de Saudades” em homenagem ao compositor e cantor Luiz Gonzaga. No próximo dia 13, acontecerá uma apresentação no Teatro Íracles Pires, em Cajazeiras, às 20 horas. A apresentação vem sendo aguardada ansiedade e expectativa pela população, curiosa em ver as músicas de Luiz Gonzaga executadas no grande concerto clássico. Não custa lembrar que dia 13 marca exatamente mais um aniversário do Rei do Baião, nascido em Exu, Pernambuco, em 1912.

As orquestras levarão para o palco a beleza sonora da tradicional Orquestra de Cordas e a energia e força rítmica da Big Band para festejar o Nordeste através das melodias e canções clássicas do Rei do Baião. O projeto conta com arranjos exclusivos do músico Ewerton Luiz, solos de sanfona de Reginaldo Freitas e a participação especial da cantora Mayara Lima.
A Big Band SolMi, instituída em 2019 pela Fundação Lica Claudino de Uiraúna/PB, é formada por alunos, ex-alunos e professores da instituição e é a pioneira do gênero na região. O projeto reúne os talentos locais na intenção de produzir uma nova formação musical para o território do alto sertão paraibano na promoção de concertos originais enfatizando a riqueza das músicas nordestinas e dos compositores locais, bem como os demais gêneros da música brasileira e internacional.

Já a Orquestra Funffec de Cordas – OFC foi criada no ano de 2013, a partir dos resultados obtidos por meio do Curso de Cordas Friccionadas da Fundação Francisca Fernandes Claudino (FUNFFEC) de Luís Gomes/RN. A OFC, formada por adolescentes e jovens da comunidade luís-gomense, desenvolve um importante trabalho de educação musical na formação de plateias e músicos. Promove, desde a sua criação, concertos originais trazendo da riqueza da música erudita e armorial como também clássicos da música popular.

Já se apresentou em importantes centros, dentre eles: Abertura do concerto oficial da Orquestra Sinfônica da UFRN (2015); Concerto na Governadoria do Estado do RN (2016); Concerto de Música Armorial na UFRN (2015); Concerto Internacional da Global Music Network (2017); Concerto no Rotary Internacional (2016); Concerto dos Projetos Sociais – UFRN (2013 e 2014). Encontro Potiguar de Orquestras (2014) e Concerto Bach “Amigos do Piano” (2017) em Mossoró/RN. Concerto no Centro Cultural Banco do Nordeste de Souza/PB (2015 e 2017). Em Teresina/PI, Natal do Teresina Shopping (2014, 2015 e 2016); Festival Cultural Artes de Março (2016) e uma turnê regional pelas cidades de Parnaíba, Piri-Piri e Tutóia (2016). Concertos Didáticos e Artísticos na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2013, 2014, 2015 e 2016) e Instituto Federal do Rio Grande do Norte (2015 e 2016). Concertos em diversas cidades da região do alto-oeste potiguar e sertão paraibano dentre elas: Major Sales/RN, José da Penha/RN, Rafael Fernandes/RN, Paraná/RN, Riacho da Cruz/RN, Martins/RN, Pau dos Ferros/RN, Cajazeiras/PB, Uiraúna/PB e São João do Rio do Peixe/PB. Em agosto de 2016 realizou sua primeira turnê internacional, sendo a única representante da América do Sul no Festival Internacional Eurochestries, na ocasião realizou cinco concertos em cinco cidades da província do Quebec e cidade de Quebec no Canadá. Atualmente a OFC encabeça um projeto de formação musical que conta com 80 alunos, são crianças e jovens que encontram na música uma nova perspectiva de vida, neste projeto é trabalhado a valorização da cultura local e das diferentes culturas, há também o desenvolvimento da cidadania e das potencialidades humanas, meios valiosíssimos para a integração social dos nossos jovens.

Linaldo Guedes é poeta, jornalista e editor. Com 11 livros publicados e textos em mais de trinta obras nos mais diversos gêneros, é membro da Academia Cajazeirense de Artes e Letras (Acal) e editor na Arribaçã Editora. Reside em Cajazeiras, Alto Sertão da Paraíba, e nasceu em 1968.

 

 

Linaldo Guedes