Cajazeiras/PB segunda-feira , 27 de junho de 2022

Solidariedade

Sindicato presta solidariedade a Wellington Farias por ‘agressões’

O Sindicato dos Jornalistas da Paraíba (SINDJOR-PB), emitiu, nesta quarta-feira (7), nota de solidariedade, ao jornalista Wellington Farias, por supostas […]

wellington-fariasO Sindicato dos Jornalistas da Paraíba (SINDJOR-PB), emitiu, nesta quarta-feira (7), nota de solidariedade, ao jornalista Wellington Farias, por supostas agressões do deputado federal Manoel Júnior (PMDB-PB), na última sexta-feira (2).

O entrevero teria acontecido nos bastidores do programa Correio Debate. O jornalista diz ter sofrido agressões verbais do parlamentar, mas nenhum áudio com as supostas intimidações foram vazadas para os ouvintes.

Confira, na íntegra, a nota:

A Diretoria do Sindicato dos Jornalistas da Paraíba vem a público prestar solidariedade ao jornalista Wellington Farias, que, no último dia 02 de outubro, durante programa de rádio em que é comentarista, sofreu agressões verbais por parte do deputado federal Manoel Júnior (PMDB), caracterizando-se como uma tentativa de cercear a opinião do profissional. Só neste dia 06, tais fatos vieram à tona com o relato do nosso colega.

Após debaterem ao vivo, o parlamentar se aproveitou dos microfones desligados no intervalo comercial e dirigiu-se ao jornalista com o dedo em riste e aos gritos, afirmando que ele havia ferido sua honra. Wellington, na verdade, fizera, dias antes, uma análise sobre os rumores de indicação de Manoel Júnior para o Ministério da Saúde, assim como centenas de jornalistas por todo o país, desagradando o deputado.

Repudiamos qualquer tipo de agressão a jornalistas em seu exercício profissional, especialmente vindos de agentes públicos e detentores de cargos eletivos, uma vez que, ao contrário da forma como muitos se comportam, não podem usar de seus poderes e prerrogativas contra as liberdades democráticas, mas sim têm a máxima obrigação de defendê-las.

07 de outubro de 2015

DIRETORIA DO SINDJOR-PB

MaisPB