Cajazeiras/PB terça-feira , 2 de junho de 2020

Calvário

STJ determina afastamento de Arthur Cunha Lima e Nominando Diniz do TCE-PB

Dois conselheiros do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) foram afastados de seus cargos por decisão do Superior […]

Dois conselheiros do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) foram afastados de seus cargos por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A decisão foi tomada nesta quarta-feira (18) após a deflagração da última fase da Operação Calvário.

Os dois conselheiros afastados foram Arthur Cunha Lima e Nominando Diniz, de acordo com informações obtidas pelo ClickPB. Inicialmente, a suspensão do exercício da função pública acontece pelo período de 120 dias.

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba informou que até o momento não há uma nota sobre o assunto.

Conforme o ClickPB havia antecipado, três conselheiros do TCE-PB foram alvos de mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação Calvário. Os mandados contra os ex-presidentes do TCE-PB, André Carlo Torre Pontes, Nominando Diniz e Arthur Cunha Lima haviam sido autorizados pelo próprio STJ.

A Polícia Federal emitiu uma nota na tarde desta quarta-feira (18) informando sobre o afastamento dos dois conselheiros. Os membros do TCE-PB afastados de seus cargos também estão proibidos de ter acesso às instalações do tribunal e de se comunicar com funcionários e outros membros do Tribunal de Contas.

Click PB