Publicada em 16 de novembro de 2017 - 18:49

TCE dá prazo de 5 dias para a prefeitura de Cachoeira dos Índios justificar balancete

O Tribunal de Contas do Estado do Estado da Paraíba deu um prazo de cinco dias úteis, a partir desta […]

ALAN-SEIXASO Tribunal de Contas do Estado do Estado da Paraíba deu um prazo de cinco dias úteis, a partir desta quinta-feira (16), para a Prefeitura de Cachoeira dos Índios, sob responsabilidade do gestor municipal Allan Seixas, apresentar as devidas justificativas ou corrigirem as falhas e/ou inconsistências apontadas pela Auditoria do TCE-PB no Relatório de análise preliminar do Balancete mensal do mês de setembro deste ano.

No Diário Oficial Eletrônico de hoje, o relator Conselheiro Substituto do Tribunal de Contas, Oscar Mamede Santiago Melo, também emitiu mais um Alerta ao prefeito Allan Seixas de Sousa com relação à persistência do uso de contas indevidas para fins de apuração dos gastos com Educação e Saúde, nas despesas pagas vinculadas a contas correntes bancárias, indicadas como impróprias ou diversa, daquelas relativas à arrecadação de impostos e transferências de impostos.

Conforme o caso, apesar de haver outros Alertas anteriores sobre estes fatos ainda não foram adotadas as providências necessárias exigidas pela Corte. Também não foram enviados a Lei e o decreto de abertura de crédito adicional no valor de R$ 64.000,00. Segundo o TCE, faltou a comprovação.

 

 

 

 

Radarsertanejo